Tag - Saúde

Núcleo de Educação em Saúde de Cosmópolis realiza teleatendimento

As consultas virtuais são feitas para os pacientes do Programa de Apoio à redução do Tabagismo (PART)

Com o objetivo de continuar o atendimento humanizado, a NUESA organizou vídeo-consultas com os pacientes do PART, Programa de Apoio à Redução do Tabagismo. A ideia é manter o acompanhamento médico e terapêutico preservando os pacientes e os profissionais da NUESA da pandemia do novo Coronavírus.

Os conselhos de classe têm apoiado e incentivado este tipo de ação. O Conselho Federal de Medicina informou sua decisão de reconhecer a possibilidade e a eticidade de uso da telemedicina no país, além do que está estabelecido na resolução CFM nº 1.643/2002, que continua em vigor. A decisão vale em caráter excepcional e enquanto durar o combate à epidemia de COVID-19.

Os pacientes que integram o Programa de Apoio à Redução do Tabagismo, além do acompanhamento médico, frequentam os grupos de apoio semanais nos quais trocam experiências de vida e do processo de reduzir ou cessar o consumo de cigarros. Estes encontros são extremamente valiosos para dividir as vitórias e as dificuldades encontradas durante este percurso, além de representarem um espaço de convívio social importante para algumas pessoas que ficam muito tempo em casa. Infelizmente os grupos foram temporariamente suspensos como medida protetiva à toda coletividade.

A epidemia do novo coronavírus começou na China, um dos países com maior número de fumantes no mundo, e sabemos que o tabagismo prejudica os mecanismos de defesa das vias respiratórias, facilitando a infecção por este e por outros vírus e bactérias que acometem as vias respiratórias.
Tanto o novo coronavírus quanto o tabagismo agridem fortemente as vias respiratórias podendo provocar graves lesões pulmonares que podem levar à morte.

Mais uma similaridade é que o risco de complicações com o coronavírus é proporcional à idade, ou seja, os mais idosos tem maior risco. No tabagismo, quanto maior o tempo de tabagismo maior o risco de complicações.
Levando em consideração todas essas situações o NUESA lançou mão da tecnologia e está cuidando das pessoas sem expô-las ao risco de saírem de casa.

O médico do PART, Dr. Andrés Williams Varona Ramirez aceitou prontamente o desafio e fez várias consultas atendendo de forma eficaz, ética e segura!
Durante as próximas semanas, as facilitadoras dos grupos de tabagismo farão a vídeo-consulta com o objetivo de realizar um trabalho de acolhimento com as pessoas que neste momento podem estar se sentindo muito sozinhas não tendo com quem dividir suas angústias, ansiedades e medos e até porque muitas delas fazem parte do chamado “grupo de risco” ao coronavírus pela idade ou por terem alguma doença crônica como hipertensão, diabetes, doenças pulmonares, entre outras.

A psicóloga do NUESA também tem realizado vídeoconsultas a fim de não interromper processos terapêuticos iniciados num momento tão delicado.

“Além da integridade física temos que cuidar da saúde mental das pessoas que fazem parte dos Programas para que ao fim da pandemia possamos retornar à nossa rotina sem grandes sequelas. Para isso, os profissionais da saúde devem ser criativos ao encontrar maneiras de “cuidar” sem desrespeitar as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde que abordam a importância do distanciamento social para diminuirmos os casos de infecção pelo vírus”, disse a Secretária de Saúde, Valéria de Almeida.

Uma das participantes do programa contra o tabagismo do NUESA, que foi atendida pela vídeoconsulta disse que “a estratégia foi muito louvável, pois representa mais uma oportunidade de ser ajudada neste momento, para ir para frente e com isso não “enlouquecer”, sou muito grata por toda esta atenção”, agradeceu Sandra Orsi Usberti, 68 anos.

CAPS NISE DA SILVEIRA CRIA SERVIÇO DE TELEATENDIMENTO PSICOLÓGICO

A Secretaria de Saúde de Cosmópolis, desde o início da pandemia pelo novo Coronavírus tem feito um esforço para concentrar e priorizar as ações e os atendimentos aos pacientes com sintomas da COVID-19.

Como um órgão da Secretaria de Saúde, o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), unidade de atendimento em saúde mental também reorganizou o seu atendimento e criou o serviço de teleatendimento psicológico.

Como explica a psicóloga Andréa Mauricio da Silveira Vitti, atualmente o CAPS tem uma média estimada de 250 pacientes ativos. São pacientes com transtorno mental grave. “Em nosso ultimo senso, no final de 2019, 48% dos pacientes atendidos tinham diagnósticos de esquizofrenia;  24% de transtorno depressivo grave; 9% transtorno de personalidade; 7% de transtorno mental devido ao uso de substâncias psicoativas; 6% de transtornos de ansiedade; 4% retardo mental e 2% transtorno mental devido a lesão ou doença física”, enumera Andréa.

O atendimento psicológico online já é uma modalidade de atendimento reconhecida pelo Conselho Regional de Psicologia, e que após o início da pandemia causada pelo Coronavírus, tem sido recomendada pelo Conselho de Psicologia como forma de manter o suporte aos pacientes com maior segurança.

Antes da pandemia da COVID-19, os atendimentos psicológicos eram realizados através dos grupos terapêuticos e quando necessário de modo individual. Com o início da pandemia, os atendimentos em grupos foram suspensos, sendo mantidos apenas alguns atendimentos individuais emergenciais.

Segundo Andrea Vitti, demandas como o aumento da ansiedade, medo, insônia, desesperança em relação ao futuro, ideação suicida começaram a se tornar mais frequentes no último período. “Vem dai a necessidade de encontrar outras formas de oferecer suporte/cuidado aos nossos pacientes. Iniciamos o atendimento através do contato telefônico, mas isso acabava bloqueando a nossa linha telefônica. A partir daí, conseguimos a organização e doação de equipamentos que permitiram a realização dos atendimentos online que tem surtido efeitos muito positivos”, comemora Andrea.

Além do teleatendimento por vídeo, as psicólogas do CAPS tem utilizado com maior intensidade os grupos em aplicativos de mensagens, meio pelo qual são enviadas diariamente, mensagens produzidas pela equipe do CAPS. São orientações sobre os cuidados relacionados à pandemia; a necessidade de se manter o tratamento psiquiátrico, o uso correto das medicações, sempre utilizando imagens do espaço do CAPS e da equipe.

A implementação do teleatendimento, contudo, não impede que a equipe faça os atendimentos presenciais em casos de emergência procurando seguir todas as orientações de segurança tanto para os profissionais quanto para os pacientes.

DIA D DE VACINAÇÃO DO INFLUENZA FOI CANCELADO PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE

IMG_1683

O DIA D aconteceria neste sábado, dia 9 nos postos de vacinação de Cosmópolis

A terceira fase da campanha nacional de vacinação que começaria neste sábado, dia 09, vai começar somente na próxima segunda-feira, dia 11 de maio. Na primeira etapa da terceira fase, que vai de 11 a 17 de maio o público alvo são crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas no pós-parto até 45 dias e pessoas com deficiência.

A segunda etapa, no período de 18 de maio a 5 de junho, irá incluir pessoas de 55 a 59 anos e professores. Assim, o último dia de vacinação que estava agendado para o dia 22 de maio, agora com o novo calendário passa a ser no dia 5 de junho.

Nas duas fases anteriores foram vacinados, em Cosmópolis, mais de 10 mil pessoas, entre elas, 6.865 idosos, 858 trabalhadores de saúde, 53 da força de segurança e salvamento, 101 caminhoneiros, 122 trabalhadores de transporte coletivo, 2.209 pessoas com comorbidades e 761 pertencentes a outros grupos.

A campanha em Cosmópolis, acontece nos postos de vacinação do Centro de Saúde II, UBS Jardim de Fáveri, UBS/PSF Henrique Scursoni Neto, PSF Cosmópolis I, UBS/PSF Beto Spana, UBS/PSF Sidney Alves Aranha-TIDE, UBS/PSF Andorinhas, Posto Comunitário Nosso Teto, UBS Dr. Orlando José Kalil Aun, sempre das 07 às 16 HORAS.

Na primeira fase, com início em 23 de março, a Secretaria de Saúde de Cosmópolis informou que foram vacinados 115,71% dos idosos na cidade, um percentual acima de todas as expectastivas e da meta de 90% estabelecida pelo Ministério da Saúde. Já os trabalhadores da saúde atingiram um percentual próximo da meta, ou seja, 86,70%.

As vacinas para os idosos foram aplicadas em casa. A Secretaria mobilizou para isso cerca de 20 equipes e com apoio da iniciativa privada e Guarda Municipal evitou que os idosos saíssem de suas casas e se aglomerassem nos postos de saúde da cidade.

Estudante de Engenharia cosmopolense doa máscaras feitas em impressora 3D

As máscaras foram doadas para a Secretaria de Saúde do município

Morador de Cosmópolis, desde 2011, vindo da cidade de Louveira, já estudante de Engenharia da USP São Carlos, Pedro Henrique Silveira Lima, conseguiu montar sua própria impressora 3D em casa, seguindo tutoriais da Internet e aproveitando o conhecimento adquirido na universidade.

Os primeiros trabalhos desenvolvidos na impressora 3D caseira eram, segundo Pedro Henrique, projetos em eletrônica para automatizar atividades do dia a dia: “A montagem da Impressora foi um desafio pessoal, mais um passatempo mesmo. Mas quando veio a pandemia da COVID-19 e toda uma comunidade mundial ativa desenvolvendo projetos abertos para confecção de protetores faciais, entrei de cabeça, fui atrás dos materiais e do projeto disponível livremente por uma empresa fabricante de impressoras 3D e consegui as máscaras para doar”, conta o estudante.

O tempo de produção de cada máscara gira em torno de 2 horas, incluindo o tempo de confecção da impressora 3D, a montagem e a higienização. O custo unitário fica em torno de 5 e 6 reais, considerando somente o custo do material utilizado, um filamento de plástico que vai na máquina 3D e folha de acetato transparente, muito utilizada para efetuar revestimento em maquetes, embalagens, caixas e artesanatos em geral.

“Ficamos muito felizes com a disponibilidade do Pedro Henrique que doou todas as máscaras que fez em sua impressora 3D para a Secretaria de Saúde. A maioria dos atendentes dos postos de saúde estão utilizando as máscaras doadas. Deixo o meu agradecimento especial ao Pedro pelo cuidado e carinho dispensado aos profissionais da saúde da nossa cidade”, agradeceu Valéria Almeida, Secretária de Saúde.

Aluno do 4º ano de Engenharia Elétrica, da USP São Carlos, Pedro Henrique, sempre gostou de eletrônica. Em 2016, quando fazia um curso técnico, começou a pensar em ter a própria impressora 3D em casa.

A mobilização mundial em torno da pandemia da COVID-19 fez com que vários grupos que trabalham e se divertem com impressão 3D se reunissem numa grande rede de apoio para fabricar máscaras do tipo ‘Face Shield’ a partir do modelo PRUSA, de natureza Open Source Design, as quais são um importante complemento de EPI (Equipamentos de Proteção Individual)em situações de contato com vírus de alto contágio, como é o caso do novo Coronavírus.

Esse movimento teve a adesão de usuários domésticos de impressoras 3D, profissionais, grupos de pesquisa e da indústria, e seu crescimento rápido e intensivo impulsionou a indústria de plásticos a adotar inicialmente esse modelo de projeto, para atender em escala de volume a demanda dos hospitais e postos de saúde.

Prefeitura Municipal amplia número de leitos para atender pacientes de COVID-19, em Cosmópolis

Projeto foi aprovado na Câmara Municipal na segunda-feira, 13, em regime de urgência

A proposta visa celebrar plano de trabalho em caráter emergencial com a Santa Casa de Misericórdia de Cosmópolis, por 60 dias, tendo em vista o combate à pandemia do COVID-19.

O Projeto de Lei aprovado pela Câmara Municipal, prevê um aumento de 20 leitos de clínica médica para atendimento dos pacientes suspeitos ou infectados pelo COVID-19 e de 02 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atendimento dos pacientes em estado grave, suspeitos ou infectados pelo novo Coronavírus.

O investimento para execução do Plano de Trabalho serão oriundos de recursos próprios da Prefeitura Municipal, dos benefícios de transação penal realizados nesta comarca – JECRIM (Juizado Especial Criminal), e ou repasses do Sistema Único de Saúde, suplementados, se necessário.

A Prefeitura Municipal de Cosmópolis tem um convênio com a Santa Casa de Misericórdia para disponibilizar 3 leitos de UTIs, com os devidos respiradores. A Santa Casa possui ao todo 7 UTIs para atendimento à convênios e particulares, incluindo o convênio com a Prefeitura de 3 UTIs. Com o novo Plano de Trabalho, 5 UTIs e 51 leitos para pacientes com sintomas leves de COVID-19 serão reservados para o convênio com a Prefeitura Municipal.

Desde o início da pandemia, Cosmópolis tem se mobilizado para evitar uma tragédia na cidade. A primeira ação feita pela Prefeitura Municipal foi suspender as atividades do Grupo da Terceira Idade. Em seguida, editou e publicou diversos decretos para preparar a cidade para a pandemia de COVID-19, respeitando sempre as orientações dos médicos e cientistas de órgãos internacionais, como a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual da Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde de Cosmópolis suspendeu consultas e exames eletivos, preparou e organizou equipes para vacinação contra a gripe em idosos em casa e priorizou os atendimentos nos postos de saúde para a COVID-19 e outras enfermidades graves.

santacasa

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO EM COSMÓPOLIS

Mais de 4.100 pessoas já foram vacinadas contra a gripe

A Secretaria de Saúde Comunitária de Cosmópolis divulgou boletim nesta terça-feira, 30, para informar que 4.139 idosos e 468 profissionais de saúde já foram vacinados desde o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe.
Em razão da epidemia do Coronavírus, o município de Cosmópolis organizou equipes de Saúde, com apoio da Guarda Municipal e iniciativa privada para levar as vacinas até as casas dos idosos acima de 60 anos, público-alvo da primeira fase da campanha de vacinação.
“Pensando no cuidado com nossos idosos, a prefeitura municipal tem feito a sua parte para preservar vidas. Os idosos fazem parte do grupo mais afetado pelo Coronavírus, por isso o esforço para evitar que os idosos saiam para os Postos de vacinação correndo risco de se contaminar”, disse Valéria Almeida, Secretária Municipal de Saúde.
No sábado, 28, as equipes da saúde estiveram em áreas rurais da cidade. Os idosos dos bairros Uirapuru, Chácaras Itália e Morada do Sol (Itapavussu) também receberam suas doses de proteção contra o Influenza. Em alguns casos, foram vacinados dentro dos respectivos veículos.
As demais áreas rurais da cidade também receberão as equipes de saúde, conforme planejamento da Secretaria de Saúde.
A Campanha de vacinação tem sido feita sem muito percalços, segundo Valéria Almeida. Não houve parada duradoura por falta de vacinas. “O Departamento Regional de Saúde(DRS) de Campinas, órgão responsável pela distribuição das doses, está liberando as vacinas aos poucos, mas o impacto foi praticamente nulo, em Cosmópolis”, avaliou Valéria.
A Campanha contra a gripe começou no dia 23 e segue até 22 de maio com Dia Nacional de Mobilização marcado para o dia 09 de maio. A primeira fase de vacinação vai até o dia 15 de abril. Após essa data, será a vez de outros grupos de pessoas serem imunizadas.
Em Cosmópolis as salas de vacinas UBS Integrado, UBS/PSF Beto Spana, PSF Vila Cosmos, PSF Henrique scursoni, PSF Cosmópolis 1, UBS Faveri, UBS/ PSF Andorinhas e Centro de saúde II estão abertas das 7 às 16h, durante a semana.
Para ampliar o acesso à vacinação dos grupos mais vulneráveis, as pessoas de 55 anos a 59 anos de idade também serão vacinadas. Para o dia “D”, que acontece no dia 09 de maio, os locais de vacinação ainda serão definidos e divulgados em tempo.
A gripe influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais e mundiais.
A doença é transmitida através das secreções das vias respiratórias, da fala, tosse e do espirro. Também pode haver contágio pelas mãos, quando a pessoa toca superfícies recém-contaminadas e leva o agente infeccioso direto ao rosto.

e480706a-24de-4f9e-bd2d-d630472b6f2a

Acompanhamento municipal dos beneficiários do Bolsa Família na Saúde bate recorde histórico

No último semestre de 2019 o acompanhamento municipal dos beneficiários do Bolsa Família com perfil saúde atingiu 85,32% (dados do DECON/SENARC) das famílias inseridas nessa categoria do programa.

O resultado foi o melhor já registrado desde 2006, ano em que se iniciou o acompanhamento de Saúde no programa.

Para a Gestora do Programa Bolsa Família, os números mostram que a Prefeitura Municipal de Cosmópolis está conseguindo acompanhar cada vez mais famílias e, assim, oferecer mais acesso à saúde: “Esse índice nunca antes alcançado pelo município é resultado de uma ação conjunta entre a gestão do Programa Bolsa Família e a coordenação do Bolsa Família na Saúde. Houve muito empenho de todos os profissionais envolvidos nas Secretarias de Saúde e de Promoção Social. 

De acordo com o Secretário de Saúde, Silvio Luiz Baccarin: “Quando as famílias procuram as unidades de saúde para cumprir a condicionalidade, elas acabam acessando os serviços de vacinação, acompanhamento nutricional, pré-natal, e também serviços de saúde direcionados a outros membros da família, ampliando-se o acesso à saúde não só para os beneficiários que estão sendo acompanhados, mas para toda a família”, disse Baccarin.

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda diretamente às famílias pobres, que vincula o recebimento do auxílio financeiro ao cumprimento de compromissos – as condicionalidades – nas áreas de Saúde e Educação, com a finalidade de promover o acesso das famílias aos direitos sociais básicos.

Secretaria de Saúde recebe mais um veículo de transporte adaptado

Entrega simbólica das chaves foi feita nesta quinta-feira, 23, na Unidade Básica de Saúde Integrado (UBS), na Avenida da Saudade, Jardim Campos Sales.

O veículo, do tipo micro-ônibus, com capacidade para transportar 24 pacientes é adaptado para transporte de pessoas com deficiência física ou que estejam incapacitados temporariamente. Os recursos são provenientes de emenda parlamentar do deputado Carlos Zarattini (PT) no valor de 300 mil reais.

Para o Secretário de Saúde Comunitária, Silvio Luiz Baccarin, não se trata apenas de mais um veículo entre os 10 veículos que já chegaram para a saúde de Cosmópolis. “A Secretaria de Saúde tem desenvolvido diversas ações para melhorar o atendimento da nossa população. O micro-ônibus que estamos recebendo é mais uma ação e vai nos ajudar a agilizar o atendimento de consultas e exames”, comemorou Baccarin.

Participaram da entrega do veículo o prefeito municipal José Pivatto; o Secretário de Saúde e vice-prefeito, Silvio Luiz Baccarin; os vereadores, Aldenis Mateus, Cristiane Paes, Élcio Amâncio (Presidente da Câmara Municipal), Eliane Lacerda, Rafael Piauí e Zezinho da Farmácia; os representantes do mandato do Deputado Federal Carlos Zarattini, Demis Carlos Alves De Almeida e Pedro Paulino de Freitas; além de técnicos e servidores da Secretaria de Saúde.

Prefeitura Municipal inaugura mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS), em Cosmópolis

A UBS Tide vai atender aos bairros Chico Mendes, Laranjeiras, Recanto das Laranjeiras, Novo Cosmópolis, Rosa Amélia e Residencial Rosseti

A Prefeitura Municipal de Cosmópolis, por meio da Secretaria da Saúde Comunitária, inaugurou nesta quinta (23) a Unidade Básica de Saúde (UBS) Sidney Alves Aranha – TIDE. A nova unidade, que será aberta ao público na próxima segunda (27), contará com o Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD)  e Programa Saúde da Família (PSF).

A obra é uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado. A nova unidade de saúde foi construída em terreno de mais de dois mil metros quadrados cedido pelo município de Cosmópolis. O valor total da obra e aquisição de equipamentos ficou em torno de 4 milhões de reais, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa Saúde em Ação da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.

A UBS TIDE é uma unidade de Saúde completa que vai oferecer atendimento de Clínica Médica, Ginecologia, Pediatria, Odontologia e aplicações de vacinas. Outras duas unidades do Programa Saúde em Ação já foram entregues: a UBS Dr. Henrique Scursoni Neto e o CAPS Nise da Silveira.

Segundo o Secretário de Saúde Comunitária e vice-prefeito, Silvio Luiz Baccarin, os investimentos em Saúde na cidade tem crescido, apesar da crise financeira que atinge os municípios. “Quero agradecer ao prefeito Pivatto pela confiança depositada na gestão desta secretaria e aproveito para agradecer a todos os diretores, servidores e profissionais da Saúde, que não medem esforços para melhorar ainda mais o atendimento à população da nossa cidade”, disse Baccarin.

O secretário afirmou ainda que acabou de assinar a compra de medicamentos para o ano que vem e aguarda a chegada de um ônibus de transporte de pacientes e duas ambulâncias para reforçar a frota da Secretaria de Saúde de Cosmópolis. “Acabamos de receber uma Van adaptada para o Centro Especializado de Reabilitação (CERC) com capacidade para 09 pacientes. Chegaram também uma caminhonete para a Vigilância Sanitária, dois veículos e uma ambulância”, comemora o vice-prefeito.

“Além das obras e veículos mencionados pelo secretário e vice-prefeito Baccarin, vamos adquirir também um castramóvel”, frisou o prefeito José Pivatto. Para o chefe do executivo, as obras inauguradas têm padrões de clínicas particulares. “A nossa população merece ser atendida em locais como esse, onde se sintam seguras e que tenham o direito à saúde garantido. Embora tenhamos herdado muitas dívidas e estas sejam um impeditivo para novos investimentos, seguimos em busca de parcerias, das mais simples às mais sofisticadas como esta UBS. Tudo a gente dá um jeito, mas a Saúde é diferente”, refletiu Pivatto.
Homenagem a Sidney Alves Aranha – TIDE

O clima da inauguração da nova UBS foi marcado por comemorações e homenagens. A começar pelo patrono da UBS a quem o prefeito José Pivatto se referiu como um excelente jogador de futebol, além de destacar toda a sua trajetória vitoriosa como funcionário e gerente da agência do Banco Itaú, desde sua instalação ainda como Banco Federal de Crédito.

“O TIDE era uma pessoa muito querida em nossa cidade. Foi presidente de Clube de Futebol e de várias entidades assistenciais, sempre com atuação brilhante. Assim, esta homenagem é mais que merecida”, disse o prefeito.

Outro homenageado foi o Dr. Marcos Aurélio Teixeira, que foi o primeiro médico do PSF Chico Mendes. Emocionado, Dr. Marcos agradeceu pelo convite para a inauguração da UBS e destacou que nunca viu alguém se dedicar tanto à Saúde e à Educação como o prefeito José Pivatto. “Não fui apenas o primeiro médico do Chico Mendes, mas fui o primeiro médico a fazer o terceiro turno, ampliando o horário do atendimento à população, graças à sensibilidade do prefeito Pivatto, de modo que fico muito feliz de estar aqui hoje”, disse.

Também foram homenageados o mestre de obras, Luiz Severino Rodrigues de Oliveira, que acompanhou do início ao fim a construção da UBS; a representante do Departamento Regional de Saúde, Marlene Rizziolli Lima e a enfermeira, Cláudia Emília.

NOVA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE ATENDERÁ 5 MIL PESSOAS DA REGIÃO DO CHICO MENDES

Terminada as obras, Cosmópolis recebeu nesta terça-feira (23) as chaves da Unidade Básica de Saúde (UBS) Sidney Alves Aranha, que vai atender aos cosmopolenses dos bairros Chico Mendes, Laranjeiras, Recanto das Laranjeiras, Novo Cosmópolis e Rosa Amélia.

A obra é uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado. A nova unidade de saúde foi construída em terreno de mais de dois mil metros quadrados cedido pelo município de Cosmópolis. O valor total da obra e aquisição de equipamentos ficou em torno de 4 milhões de reais, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa Saúde em Ação da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.

No ato de assinatura do Termo de Entrega Provisória, uma vistoria completa da construção foi efetuada pelos servidores da prefeitura acompanhados dos responsáveis pela obra. A assinatura do termo de cessão é a última etapa antes da inauguração que deve acontecer no próximo mês.

A UBS é uma unidade de Saúde completa que vai oferecer atendimento de Clínica Médica, Ginecologia, Pediatria, Odontologia e aplicações de vacinas. Outras duas unidades do Programa Saúde em Ação já foram entregues: a UBS Dr. Henrique Scursoni Neto e o CAPS Nise da Silveira.

“Estamos, a cada dia, melhorando nosso sistema de saúde. A inauguração dessa UBS, que também funcionará como Programa de Saúde da Família (PSF) e Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) é um presente para todos nós cosmopolenses neste ano em que vamos comemorar 75 anos de existência”, disse o prefeito José Pivatto.