Prefeitura lança programa de zeladoria “Cidade Limpa”

Prefeitura lança programa de zeladoria “Cidade Limpa”

A Prefeitura de Cosmópolis, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, lançou nesta segunda-feira (21), o programa de zeladoria “Cidade Limpa”, de uma forma inovadora e sustentável na contenção do mato nas vias públicas da cidade.

Durante o evento, que contou com a presença dos Secretários Renato Simões, Fabio Louro, André Cappato, João Capotes, além dos vereadores Renato Trevenzolli e Ricardo Guimarães, foram apresentadas as etapas do programa e seus recursos.

Em busca de soluções práticas e eficientes para a limpeza da cidade, o programa iniciou hoje o trabalho, nas ruas da entrada do município, com uma Capina Elétrica, uma máquina que utiliza descargas elétricas de alta potência para matar ervas daninha e plantas invasoras.

“O serviço de capina elétrica usa um método totalmente eficaz, responsável e sustentável, pois não é poluente. O equipamento utiliza descargas elétricas controladas de alta tensão que eliminam brotos e raízes mais profundas, que não são atingidas pelos herbicidas comuns. As descargas são ajustadas para erradicar as plantas sem causar nenhum prejuízo ao solo”, explicou o Prefeito, Junior Felisbino.

O programa é um conjunto de serviços para revitalizar áreas em todas as regiões do municípios em uma ação regular e contínua ao longo do ano. A Praça das Castanheiras, no bairro Jardim Chico Mendes, foi o primeiro local a receber serviços como limpeza, recuperação de praças a canteiros, poda árvores, varrição, capinação e roçagem.

O Prefeito, Junior Felisbino, destacou que os trabalhos são importantes para manter o funcionamento pleno do município.

“Nossas equipes estão sempre visitando pontos da cidade que precisam de retoques, limpeza e ações de cuidado. Essa nova equipe reúne vários funcionários que, durante a semana, vão trabalhar bastante para deixar nosso município do jeito que ele merece, limpo e bonito. Além de ser um serviço ao funcionamento da cidade, também trabalhamos a parte estética”, afirmou.