Webinário – Primeira infância

Webinário – Primeira infância

A articulação e o trabalho em rede entre as instituições responsáveis pelas políticas de proteção e defesa da criança são fundamentais para a garantia de seus direitos.

Ao longo do trabalho em 15 municípios de cinco estados brasileiros, o Projeto Primeira Infância Cidadã tem atuado com diversos agentes e representantes de conselhos municipais com foco no fortalecimento das políticas públicas. Convidados de Linhares (ES), Cosmópolis e Caraguatatuba, participantes do projeto, vão debater o tema “Funcionamento do SGD: atuação intersetorial e seus impactos nos fluxos operacionais” trazendo a discussão para a realidade prática dos Conselhos de Direitos no cotidiano.

O encontro acontece amanhã (18), às 19h e será transmitido na página da Avante no Youtube (www.youtube.com/user/ongAVANTE) com tradução em libras.

O Webinário vai promover uma roda de conversa entre os conselheiros participantes, e o público poderá conhecer como é a atuação dos Conselhos nos municípios e os desafios enfrentados na busca de ações integradas entre os diversos programas e projetos voltados para as crianças de 0 a 6 anos.

O debate terá como convidados, Rony Preato Pião, Tecnólogo em Gestão Ambiental e Conselheiro Tutelar de Linhares (ES) por dois mandatos; Edineide Inácio da Silva Ferreira, assistente social e Gestora de Assistência Social da Secretaria de Promoção e Ação Comunitária de Cosmópolis; Cintia Alves, Presidente do CMDCA de Caraguatatuba.

O Projeto Primeira Infância Cidadã (PIC) desenvolve diversas atividades para compartilhar conteúdo com a população sobre proteção e garantia de direitos das crianças de 0 a 6 anos, com a colaboração de especialistas, educadores, estudiosos e agentes públicos, que fortalecem a rede de informação sobre o tema.

O PIC é realizado pela Avante – Educação e Mobilização Social, em parceria com a Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. O projeto faz parte da Iniciativa Territórios da Primeira Infância, que atua em 15 municípios brasileiros nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Sergipe.