Reservatório do Beto Spana é entregue Reformado

Reservatório do Beto Spana é entregue Reformado

Reservatório do Beto Spana é entregue reformado

Na manhã de sexta-feira (11), a Prefeitura de Cosmópolis realizou a entrega oficial da reforma total do Reservatório Beto Spana, uma das obras mais aguardadas pelos moradores, efetivada após 25 anos sem manutenções. A última reforma feita aconteceu em 1997.
Estiveram presentes no evento o prefeito Junior Felisbino, André Capatto, Secretário Municipal de Saneamento Básico, secretários municipais, vereadores, assessores parlamentares e servidores públicos.

A unidade de abastecimento tem capacidade de 500 mil litros de armazenamento, onde foi realizada a retirada da manta asfáltica interna, aplicação de impermeabilização de icobit de alta portabilidade, pintura externa e interna da unidade, entre obras estruturais e reparos.
O reservatório atende os bairros Beto Spana, Laranjeiras 1 e 2, Colibri, Novo Cosmópolis, Independência, Primavera, Residencial do Bosque e Predinhos Monte Castelo, sendo o principal responsável pelos abastecimentos dos bairros.

Programa ‘A Água é Nossa’
A reforma do Reservatório do Beto Spana contempla as obras do programa ‘A Água é Nossa’, ações para a melhoria nos serviços de captação, abastecimento e distribuição de água para a população.

Ações que fazem parte do programa:
Reservatório Beto Spana
– Reforma total do reservatório de água do bairro Beto Spana.
Reservatório Cidade Alta
– Obras de reforma do Reservatório Cidade Alta, o depósito atende aproximadamente 8 mil pessoas, residentes nos bairros Monte Cristo, 30 de Novembro, Andorinhas, Cidade Alta, São Pedro e Paineiras.
Desassoreamento da Represa do Rio Pirapitingui
– Investimento de mais de R$ 3 milhões do Governo do Estado de São Paulo, através do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), a obra teve a extensão de 3,2km. O trajeto começa na ponte do Rio Pirapitingui, fazendo todo o percurso do rio até o início da Represa.
O desassoreamento também beneficia os municípios de Americana, Piracicaba e Limeira, devido ao curso do Rio Pirapitingui, o qual deságua no Rio Jaguari que se encontra com o Rio Atibaia, formando o Rio Piracicaba.

A Represa, que é o principal reservatório de abastecimento da nossa cidade, não recebe melhorias e investimento há quase 40 anos. Com as faltas de manutenções, deixamos de captar o volume necessário da bacia para abastecer 100% do município.